Home Page

O sociedade que não aceita o contraditório

Queridos correligionários da liberdade de expressão.

Vocês querem causar uma apocalipse nas redes sociais?

É só entrar contato com grupos ou perfis que defendam determinadas causas e dizer: "Bem, eu penso um pouco diferente disso...", pronto, prepare-se para receber "denúncias, xingamentos, vírus, bloqueios, expulsões e todo tipo de intolerância".

Hoje fiz alguns testes pela manhã e fui bombardeado por radicais xiitas revestidos de democratas, primeiro entrei no grupo dos "defensores do armamento" citando alguns dados do Japão e fui "...fuzilado" com nomes do tipo: "esquerdista de bosta" e "vai morrer com tiro na cabeça", depois entrei num grupo de feministas da UFRJ comentando sobre "cavalheirismo" e fui chamado de "misógino, opressor, machista e sexista", depois entrei num grupo de "conservadores e monarquistas" comentando sobre alguns aspectos sociais interessantes e falaram que fui doutrinado, que sou alienado e que "Gramsci domina minha mente", depois entrei no grupo do "Socialismo e Liberdade" e comentei sobre a perspectiva do liberalismo social e me chamaram de "facista e militarista", por fim entrei no perfil do deputado gaúcho Marcel Van Hattem, conservador e defensor do Escola sem Partido, comentando sobre uma crítica que ele havia feito ao professor Leandro Karnal e fui criticado e achincalhado como sendo defensor do "regime venezuelano", até o atual momento foram centenas de comentários de gente que adora falar de democracia, pluralidade, igualdade e liberdade de expressão, mas na prática não sabem como isso funciona.

Viva o contraditório.

Prof. Leandro Andrade da Rocha

Videos do Professor Leandro

Loading...

Pesquisa Histórica e Filosófica