Home Page

Tema 1 - Poemas históricos - MAR PORTUGUÊS

MAR PORTUGUÊS

Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.
Quem quer passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.




Fernando Pessoa




O mar era doce. Segundo Fernando Pessoa, ficou salgado com as lágrimas do povo português. Para imortalizar o lado doloroso e trágico dos heróis portugueses, Fernando Pessoa escreveu: “quem quer passar alem do Bojador. Tem que passar além da dor”. Sem Fernando Pessoa, sem Camões, os heróis portugueses seriam menos grandiosos. O artista valoriza os sentimentos de um povo e engrandece uma nação. Dá cor, sabor e imortaliza. Ao ler o texto abaixo, dá vontade de voltar a Lisboa, olhar o Tejo e imaginar as caravelas partindo em busca de sonhos.




1) Em qual período o poema foi escrito?


2) Qual o sentido histórico do poema? A quem o autor se refere?


3) A famosa frase "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena" se encontra com qual sentido no poema acima?


4) Releia o texto do autor e destaque os aspectos históricos da poesia.






Bom trabalho


IC XC NI KA
Prof. Leandro Andrade da Rocha


Videos do Professor Leandro

Loading...

Pesquisa Histórica e Filosófica